Após Lei Maria da Penha completar 13 anos, Bruno Assunção faz abordagem ao assunto. – Gazeta Nacional
Connect with us

Cultura

Após Lei Maria da Penha completar 13 anos, Bruno Assunção faz abordagem ao assunto.

Published

on



A Lei Maria da Penha completou no dia 7 de agosto deste ano, 13 anos.
A lei define a proteção as mulheres contra todos os tipos de violência familiar e doméstica

 “Hoje a lei Maria da Penha garante que agressores sejam tenham prisao preventiva decretada ou sejam presos em flagrante ”, frisou Bruno Assunção.

Ele lembra que, no passado, as aplicações das penalidades eram brandas, como pagamento de multas e até mesmo serviço comunitário. A criação da lei fez com que encorajasse as denúncias e cada vez mais ajude a salvar vidas.

Entende-se como violência doméstica não somente aquela cometida por companheiros (as), mas outros membros da família como filho, pai, tio e irmão. A legislação compreende além da agressao fisica, a violência moral, patrimonial, psicologica e sexual.

Bruno Assunção, engajado na em proteção as mulheres, comentou a grande importância de as mulheres estarem cada vez mais unidas a favor da equidade de direitos e também no combate ao machismo.

“Quero lembrar que hoje morrem cerca de 13 mulheres ao dia no país. Além do machismo, ”, disse Bruno Assunção .

Para ele, é imprescindível que todas conheçam os seus direitos e encontrem apoio para sair do ciclo e da cultura criada de violência.

Em caso de violência, ligue:
Disque denúncia: 180
Polícia Militar: 190

Bruno Luiz Antunes de Assunção, empresario, engajado na Luta, representante da funcionabilidade de aproximação ” Mulher + Segura “

Bruno Assunção

Continue Reading

Cultura

Carnaval à la Coringa: Dicas de make para arrasar como palhaço na folia

Published

on

By

Os palhaços são figuras muito conhecidas e ultimamente tem estado em bastante evidência no universo pop. Filmes como “Coringa”, “It: a Coisa”, “Bingo: O Rei das Manhãs” são alguns exemplos bem atuais da fama, medo e admiração por esse personagem.

Pensando nesse fenômeno, falamos com Marcos Casuo, um dos Clowns mais famosos do mundo, foi o primeiro brasileiro a integrar o famoso Cirque du Soleil, e criador da Universo Casuo, que nos deu algumas dicas de como você pode fazer uma make de palhaço para curtir o carnaval.

Base: é importante utilizar uma base cremosa, escolha a cor que desejar, o make up branco ou bege oferece um fundo aveludado que tira toda as imperfeição e manchas do seu rosto, sua pele se transformará numa tela para criar a personagem que desejar. Para fazer isso, aplique-a com uma esponja e preencha a superfície do rosto com ela. Uma boa dica é não arrastá-la. Aplique-a no rosto batendo suavemente. Não esqueça de aplicar nas sobrancelhas também, assim você vai poder criar outra sobrancelha da forma e estilo que desejar.

Com a base aplicada creme utilize um pincel e as cores que desejar para dar forma ao que deseja fazer, ex: clown makeup vermelho creme usar nos olhos ou como riscos em seguida usar uma exponha para esfumar, ou com o próprio pincel. Na base cremosa fica mais incrível fazer a mistura de cores em degrades então abuse da criatividade.

Fixador: após aplicar a base use um pó fixador na make.

Sombras: Agora você irá aplicar sombras opacas no local que aplicou as cores, ou seja, se fez com vermelho creme use sombra opaca vermelha e assim por diante. Aplicar as sombras opacas é como fazer uma maquiagem social o segredo é que você já fez todo um processo no rosto e só precisa dar vida com as sombras e traços. Para dar o toque a mais fazer os traços que deseja com uma pigmentação (make up) a base d’água líquidas, que irão aderir “a sua pele”.

Pincel: Em seguida use um pincel para contornar o que fez. Por último use o preto para dar forma nos traços e sombras opacas preta por cima de alguns traços.

Boca: para fazer o contorno da boca, utilize um pincel com a cor preta. Puxe nas extremidades o desenho, como desejar, para fazer um palhaço feliz, engraçado, triste ou até mesmo de terror. Esfume os extremos com a esponja. Após isso, pinte os lábios com a make vermelha com o pincel. Aplique uma sombra vermelha e ao final o talco fixador.

Orelhas: você pode usar a cor que quiser para essa área, mas é legal que combine com o restante do rosto, então um vermelho ou preto cai bem. Ao final aplique a sombra vermelha ou preta.

Olhos: continue a utilizar o pincel com a maquiagem preta nos traços dos olhos, depois esfume com uma esponja até fica uniforme e aplique talco fixador para selar.

Selar: após você aplicar toda a make, aplique com um pincel uma sombra opaca vermelha.

Traços: Todos os traços: boca, olhos, após selar a make, use um pincel com maquiagem preta para desenhar sobre as áreas que foram esfumadas. Após criar todos os traços, aplique, pouco a pouco, sombra opaca preta.

Rímel: Aplique nos cílios.

Acabamento: Com um pincel coloque a base da cor da sua pele nos extremos, depois espalhe com uma esponja até ficar uniforme. Aplique o talco fixador e tire o excesso. Aplique um pó 3 tons acima da cor da sua pele e utiliza uma esponja para esfumar.

Adereços: para compor o seu palhaço, pode usar chapéus, o famoso nariz, perucas e também brincar com o cabelo. Tudo vale para brincar, e arrasar, na folia.

Após a folia: Para tirar toda essa maquiagem é muito simples, sem dor e sem machucar a pele. Use um demaquilante a base de óleo e sabão. Ao aplicar ele vai se misturar a maquiagem e em contato com a água sairá facilmente.

Mais informações no www.UniversoCasuo.com.br

Continue Reading

Cultura

É pra botar o bloco na pista: Baile Soul Carnaval agita a Lapa no sábado, dia 22

Published

on

By

Uma ótima pedida para quem estiver curtindo os blocos do Centro do Rio de Janeiro no primeiro dia de folia: O cantor e compositor Felipe Mirandda vai comandar um baile de Carnaval com um toque especial e repleto de talento no Palco Lapa 145, no sábado, dia 22, a partir das 20h. Trata-se do projeto “Soul Carnaval”, que será regado a soul, black music, MPB, samba, axé e marchas em interpretações únicas e acompanhadas de novos nomes da cena musical, como Johnny Capler, Rafael Kadashi, Tú, Dilson Nascimento, Rodrigo Varanda e Ivan Lima. A entrada é R$ 15.

Palco da diversidade

Criado pela cantora Rosângela Si, o Palco Lapa 145 abre as portas com o intuito de ser uma casa dos artistas e seus movimentos no bairro mais boêmio do Rio de Janeiro, a Lapa. Com uma programação eclética, o casarão do final do século XIX está totalmente antenado com o nosso tempo, abraçando a diversidade e as manifestações artísticas em estado puro com festivais, shows, exposições, saraus, gastronomia, rodas de samba, rap e hip-hop e oficinas de cinema, dança e iniciação musical.

– Somos a casa da diversidade e da cultura, sempre aberta a todos que queiram mostrar o seu talento e, é claro, para quem está ávido a curtir e descobrir a cena carioca das artes muito além do mainstream – ressalta a fundadora.

O Palco Lapa fica na Rua da Lapa, 145. Mais informações pelo telefone (21) 98231-0108 ou pelo site www.palcolapa145.com.br

Continue Reading

Cultura

Conheça Humberto Rosa: diretor e produtor brasileiro que está fazendo a diferença em Hollywood

Published

on

Festival de Los Angeles/Reprodução / MF Press Global

O diretor e produtor brasileiro Humberto Rosa está fazendo a diferença em Hollywood e se junta a uma lista de nomes conhecidos no Brasil que se destacaram no cinema internacional, como Fernando Meirelles e Carlos Saldanha, conquistando espaço e reconhecimento na mais relevante indústria cinematográfica do mundo.

Trajetória

Desde muito jovem, Humberto Rosa teve certeza de que queria se tornar cineasta. Nascido no Humaitá, bairro da zona sul do Rio de Janeiro, aos vinte anos, iniciou a escola de cinema da Universidade Estácio de Sá, no campus Tom Jobim, no Rio de Janeiro, onde fundou a Red Line Filmes, junto com o sócio Thairon Mendes.

Humberto Rosa revela porque decidiu apostar em uma vida dedicada ao cinema e porque decidiu ir para os EUA viver um sonho: “Sempre quis fazer cinema na indústria norte-americana. Fui inspirado a me tornar cineasta pelo trabalho de Steven Spielberg.  Desde quando assisti ao filme Indiana Jones e a Última Cruzada no cinema quando tinha cinco anos. Daquele momento em diante quis fazer filmes, mas precisava começar por algum lugar. Então decidi começar minha carreira no Brasil em 2006 e quando estivesse já trabalhando na indústria cinematográfica viria fazer cinema nos EUA”, revelou.

Atualmente trabalhando em Los Angeles, ele agora tem seis filmes em desenvolvimento, em trabalhos com alguns dos maiores talentos da indústria no Brasil e nos EUA. O diretor e produtor brasileiro, que começou sua carreira como cineasta em 2006, é citado nos créditos de 35 filmes como produtor, em 24 obras em que atuou com diretor e 11 como escritor e roteirista, atuando em produções como Invoked, The Picture e Don’t Look Back, escrito pelo roteirista Jeff Howard (The Hunting of the Hill House, Gerald’s Game, Ouija a Origem do Mau, O Espelho) e que obteve grande repercussão. Humberto já ganhou 17 prêmios e 16 indicações.

Globo de Ouro/Reprodução / MF Press Global

Desafios

Desde então, Humberto Rosa tem se dedicado de corpo a alma, seja como roteirista, diretor ou produtor à Sétima Arte. Contudo desafios surgiram em seu caminho: “Invoked, meu primeiro longa em inglês, tinha sido o mais desafiador até agora pois rodamos com pouco recurso e em uma semana apenas”.

Em processo de filmagens, o filme The Method é o maior e mais novo desafio do cineasta:  esta sendo mais desafiador pois temos 12 dias apenas para filmar um Thriller de Suspense com animais, efeitos, cenas desafiadoras e que traz em seu elenco atores conhecidos do grande público, É desafiador trazer para as telas um filme super detalhista com varias referencias que além de atender aos altos padrões de Hollywood de fotografia e qualidade, satisfaça aos amantes de cinema e do gênero específico”.

Sonhos e metas

Apesar de já ter conseguido galgar importantes passos em Hollywood, o cineasta revela que ainda tem muitos sonhos: Minha meta é fazer grandes filmes de Studios aqui nos EUA, seguindo os passos de brasileiros como Fernando Meireles e José Padilha, que conseguiram se destacar como diretores e produtores na indústria americana. Quero um dia trabalhar em alguma produção do Spielberg, Guilhermo Del Toro, Jason Blum, James Wan, Alfonso Cuarón, entre outros grandes nomes do cinema”

Premiação/Reprodução / MF Press Global

Produções e novidades a caminho

Em 2019, coproduziu um longa-metragem de terror brasileiro intitulado eu ódio é minha herança’ com artistas reconhecidos no Brasil como Andre Mattos (Narcos) e Tonico Pereira da Globo, que será lançado ainda este ano no Brasil. O filme foi uma parceria entre as produtoras Red Line Filmes e Núcleo TG, totalmente rodado nos EUA.

A comédia romântica brasileira ‘Solteira Quase Surtando’, dirigido por Caco Souza, que estreia nos cinemas este ano e tem no elenco Rafael Infante, Stephan Nercessian e Leticia Birkheuer. O filme é uma co-producao entre Red Line Filmes, MGM, Artemís e MAB productions. Humberto trabalhou como produtor executivo do filme.

Humberto também está produzindo o filme Subliminal com Warren Zide, produtor da American Pie e da franquia Final Destination (Premonição, no Brasil).

Atualmente Humberto Rosa está gravando o filme The Method, produzido em conjunto com a Sophia Filmes e a THR productions, com o produtor Gerson Sanginnitoem. Humberto atua como diretor e produtor executivo. O filme conta com um elenco estrelado como Costas Mandylor (Jogos Mortais 5 e 6),  Rachele Brooke Smith (How I Met Your Mother, Tratamento de Choque),  Christopher Showerman (George o Rei da Floresta 2) e Nicky Whelan (Um Drinque no Inferno e House of Lies).

Continue Reading

Trending

Copyright © 2019 Gazeta Nacional. Design by EGOBrazil.