Connect with us

Diversas

Isolamento muda perspectiva do pai sobre a criação dos filhos

Published

on

IMPCF Copy - Isolamento muda perspectiva do pai sobre a criação dos filhos

O Dia dos Pais de 2020 será lembrado sempre como aquele do ano da pandemia, quando o distanciamento social impôs às famílias uma convivência intensa. Pais e mães adotaram o modelo de trabalho de home office e as crianças passaram a ter aulas por meio do ensino à distância (EAD).  A Pesquisa Gestão de Pessoas na Crise Covid-19,  elaborada pela Fundação Instituto de Administração (FIA) com dados de abril, mostrou que 46% das empresas mantiveram seus funcionários em casa. Embora a mudança de rotina tenha sido árdua para todos os membros, o papel do homem foi o mais afetado. É no que acredita a psicóloga que atende no Órion Complex, Soraya Oliveira. Ela conta as experiências ouvidas em seu  consultório sobre o isolamento.

 

A especialista lembra que, historicamente o homem assume o papel do provedor da família, aquele que sai de casa cedo e retorna no fim do dia, enquanto as mulheres sempre assumiram o papel de cuidadoras da família. Para Soraya essa cultura ainda está muito enraizada no Brasil, e, mesmo com as sutis mudanças na era moderna, o homem quando se viu em casa precisando fazer também atividades domésticas e cuidar dos filhos, ele acabou despertando seu olhar para essas atividades, até então delegadas apenas a elas. “O pai que já tinha um histórico afetuoso, soube aproveitar esse momento para reforçar os vínculos e dar aos filhos aquilo que eles eram impedidos de oferecer por passar o tempo longe, como brincar, ver televisão, jogar um videogame, ler”, pontua.

 

Os  dados mais recentes do Instituto de Pesquisa Aplicada (IPEA), que analisa números do IBGE,  mostram que os 59% das casas brasileiras tem o homem como responsável por sustentar financeiramente o lar. Isso mostra um comportamento ainda muito tradicional no País, onde as mulheres são responsáveis por educar os filhos e os homens ficam livres da jornada tripla . “Os pais  estão mais habituados com as relações externas, com divertimento fora de casa, mas é com o convívio que descobrimos o outro, suas preferências e gostos. Quando foram para casa, perceberam que estavam distantes dos filhos e passaram a dar valor a coisas que antes eram banalizadas, como por exemplo, o tipo de indivíduo que estão educando para o mundo”, diz Soraya. Os desafios, explica a psicóloga, independem da idade dos filhos. “É importante pensar que foram muitos comportamentos diferentes, já que a quarentena se estendeu mais do que imaginávamos, até mesmo as crianças e adolescente tiveram que se adaptar com a figura masculina em casa”.

 

Embora muitos pais se redescobriram com o distanciamento social,  Soraya explica que  houve uma divisão clara entre aqueles que aproveitaram a situação para se conectar com os filhos, e os que tiveram grandes problemas de ansiedade. “Um segundo grupo de pais  demonstrou alteração forte de humor chegando até mesmo a atos de agressividade com violência física e moral,  impaciência, irritabilidade e frustração”. Para a psicóloga esses homens encararam com mais dificuldade o fato de estarem se sentindo fechados e não souberam lidar com a nova realidade de vida. “O resultado disso foi o grande número de divórcios que está tendo no mundo”, exemplifica.

 

Segundo Soraya, a adaptação foi mais complexa para esse grupo pois são pessoas que ainda vivem apegadas a uma cultura onde homens não executam tarefas domésticas nem educam os filhos pessoalmente do dia-a-dia. “Os pais tiveram que se posicionar melhor diante da escolha feita ao casar. Foram forçados a aprender a conviver e valorizar o papel da mulher e se tornar pai, esposo, companheiro e amigo”.

Continue Reading
Advertisement
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diversas

Priscila Magossi e Juliana Villegas, apresentam a NCP: um programa de treinamento para contenção de danos do setor

Published

on

By

CAPA - Priscila Magossi e Juliana Villegas, apresentam a NCP: um programa de treinamento para contenção de danos do setor

Um modelo de negócios lucrativo pode ser também agradável e humanizado. O que é o oposto da opressão típica do modelo tradicional e machista da Indústria de Entretenimento Adulto. Neste setor são normalizadas tanto a objetificação feminina (redução da mulher à ação sexual instantânea) quanto a sua desumanização (aniquilamento da dignidade humana em prol da satisfação do usuário). No intuito de possibilitar uma alternativa ética de melhoria para o setor (contenção de danos), é preciso reconhecer a importância dos direitos humanos e do desenvolvimento dos talentos individuais. A New Camming Perspective (NCP) é um projeto voltado especificamente para a Indústria de Live Cams, que propõe uma nova estratégia de negócios alinhada a um sofisticado programa de treinamento profissional para a área, ambos focados no empoderamento feminino (naturalização do respeito à mulher) e na humanização das práticas do setor (condutas que direcionam o desenvolvimento de relações civilizadas entre a profissional e o usuário).

A NCP tem como principal missão empoderar mulheres, demonstrando que elas são parceiras fundamentais do setor e não apenas produtoras de conteúdo erótico. Empoderamento significa encontrar sentido (propósito) nas nossas ações, significa acreditar que o que fazemos tem sentido para nós mesmas. Empoderamento, como estilo de vida, significa deixar de seguir o fluxo, sem temer os oprimidos, que, quando têm a oportunidade, infelizmente, tornam-se eles próprios opressores que precisam ser neutralizados. No que tange ao nosso programa de treinamento, o foco está em ensinar as modelos a cultivarem conexões (vínculos afetivos) com os usuários em vez de se reduzirem a um mero objeto sexual à disposição do outro”, explica Priscila Magossi, fundadora do Projeto, Doutora em Comunicação e Semiótica (PUC-SP).

ARTIGO 3 - Priscila Magossi e Juliana Villegas, apresentam a NCP: um programa de treinamento para contenção de danos do setor

Para desenvolver este programa de treinamento, esta nova perspectiva sobre o camming, a New Camming Perspective (NCP), fundamenta-se nas ciências humanas e cognitivas (Teorias da Comunicação, da Mídia, da Cultura Virtual e do Imaginário). Em linhas gerais, a metodologia de trabalho da NCP separa o camming (interatividade e conectividade) da pornografia (ação sexual instantânea) em sua prática e método. Um dos objetivos da definição precisa e científica dos conceitos utilizados é identificar o público-alvo do projeto: a NCP destina-se exclusivamente às modelos profissionais interessadas em desenvolvimento de capital cultural (identidade) ao invés de sexual.

Juliana Villegas, Modelo Representante da New Camming Perspective (NCP), faz uso desta metodologia de trabalho em sua sala de videochat e afirma: “É uma honra representar um projeto que agrega tanto valor na minha vida, e que finalmente me deixou orgulhosa e confortável comigo mesma. É perfeitamente possível sentir orgulho deste trabalho quando a atividade está apoiada em conexões humanas — e não reduzida apenas a uma performance sexual. Além disso, um modelo de negócios baseado na fidelização do usuário resulta em menor desgaste físico e em maior lucratividade”. 

ARTIGO 2 - Priscila Magossi e Juliana Villegas, apresentam a NCP: um programa de treinamento para contenção de danos do setor

Magossi explica que, em geral, a aplicação da NCP leva a um aumento exponencial da autoestima e da produtividade da modelo, pois afasta a tradicional associação feita entre a imagem da mulher e a ideia de submissão (objetificação) sexual, o que tende a facilitar a sua inserção social. A compreensão desses conceitos diminui parte do estresse e dos níveis de ansiedade gerados por uma vida-dupla — isto é, uma experiência de vida na qual não se fala abertamente sobre a profissão que se tem.  É somente após a aceitação da própria trajetória (escolhas) que ocorre a liberação de recursos emocionais para o desenvolvimento de talentos individuais (autoconhecimento).

Villegas confirma e afirma que, após o contato com a NCP, conquistou maior autonomia profissional e passou a se sentir bem mais autoconfiante em sua vida pessoal. Excelentes exemplos das suas conquistas individuais são:

(1) a elaboração da campanha pioneira da Indústria de Live Cams em prol da arrecadação de fundos para modelos grávidas (abril/2020);

(2) o desenvolvimento do curso de sua autoria sobre fetiches masculinos, que se fundamenta na psicanálise, e não no apelo pornográfico.

ARTIGO 1 1024x799 - Priscila Magossi e Juliana Villegas, apresentam a NCP: um programa de treinamento para contenção de danos do setor

“Sendo o camming uma ocupação profissional relativamente recente, que surgiu há apenas duas décadas em termos globais, é até compreensível que a maior parte das pessoas não tenha nem ideia do que se trata, e reduza a complexidade deste trabalho aos seus próprios preconceitos. Por isso, é fundamental que a própria modelo tenha clareza do seu valor como mulher, e que saiba explicar a sua atividade profissional com coerência argumentativa, por isso, conceituar é tão importante, porque nos ajuda a distinguir uma ação/intenção de outra” sintetiza Magossi.

Ambas as autoras citadas prestam consultoria para auxiliar modelos e empresas a estarem na linha de frente das inovações do mercado de forma ética e socialmente responsável. A New Camming Perspective (NCP) procura servir como uma oportunidade de escrever o futuro do Live Cams cuja finalidade é, em síntese: (1) diminuir a objetificação das mulheres, (2) maximizar seus retornos financeiros e (3) estimular o retorno dos clientes (fidelização).

Para maiores informações sobre a fundamentação teórica e serviços de consultoria da NCP, acesse o site oficial (www.newcammingperspective.com) ou envie um e-mail (ncp@newcammingperspective.com).

 

______________________________

SOBRE AS CONSULTORAS DA NCP

 

Priscila Magossi é jornalista (Mackenzie-SP/Brasil), Mestre e Doutora em Comunicação e Semiótica (PUC-SP/Brasil), pesquisadora acadêmica (ABCIBER/CENCIB) e autora do livro “Ritualidades e vida cotidiana na cultura digital: Uma investigação sobre os processos de comunicação e ritualização no ciberespaço. Magossi é fundadora do projeto New Camming Perspective (NCP): uma nova estratégia de negócios para a Indústria de Live Cams focada na conectividade emocional entre a modelo e o usuário cuja finalidade é a contenção de danos (humanização) do setor.

 

ARTIGO 4 1024x707 - Priscila Magossi e Juliana Villegas, apresentam a NCP: um programa de treinamento para contenção de danos do setor

Juliana Villegas é técnica de Rádio e TV (Newton-BH), locução (Beth Seixas-BH), teatro (Co-Produtora-RJ) e canto (Pró-Music-BH). Villegas é Modelo Representante do projeto New Camming Perspective (NCP), autora do seu próprio curso voltado para o público fetichista (sem nudez), e responsável pela campanha pioneira do setor de Live Cams direcionada à arrecadação de fundos para modelos grávidas.

Continue Reading

Diversas

Forneria El Chaves faz sucesso com pizza à moda goiana; Saiba mais!

Published

on

WhatsApp Image 2020 09 15 at 21.54.41 - Forneria El Chaves faz sucesso com pizza à moda goiana; Saiba mais!

A pizza é uma das paixões dos brasileiros. Até por isso, vender as “redondas” é uma escolha comum entre os empreendedores. O mercado é concorrido, mas tem oportunidades trazidas pela tecnologia. Com o surgimento dos aplicativos de delivery aumentaram as demandas registradas pelas pizzarias. Antes, os consumidores não tinham o costume de comer pizza na hora do almoço. Hoje, com os apps, já é comum pedir a qualquer hora.

Goiânia, mais conhecida como a capital mundial do sertanejo é também a sede de degustação do famoso pequi. No entanto, a cidade também viu nascer no ano passado um novo conceito de massas e pizzas. Pelas mãos de Ruberval Chaves e Renata Chaves é fundada a Forneria El Chaves, um negócio familiar que, a cada dia, vem conquistando novos clientes pela capital de Goiás.

A massa é uma peculiaridade à parte. Feito no puro azeite virgem que oferece leveza e aroma à massa, as pizzas de Ruberval e Renata ganham um diferencial que aguçou o paladar de apreciadores da culinária italiana e até dos mais exigentes.

Em 2020, surgiram as pizzas fitness, que vem mesclando sabores tradicionais aos mais ousados e outros bem balanceados para as dietas dos goianos. Feita com massa integral, essa primazia virou peça chave nosso sucesso da Forneria El Chaves.

A pizza de pequi não poderia faltar no cardápio do empreendimento. Com um ingrediente tipicamente goiano e conhecido por ser “o ouro do Cerrado”, este fruto já faz parte da gastronomia de Minas e de Tocantins, porém ainda desconhecida em grande parte do território nacional. Já a pizza de frango com pequi faz um surpreendente sucesso em Goiânia. Segundo o empresário Ruberval Chaves, a ideia da receita surgiu como algo “diferente” para chamar a atenção dos clientes e deu certo até “cair no gosto” dos goianos.

Com os negócios a todo vapor, a Forneria El Chaves expandiu os investimentos e acaba de comprar um super forno esteira. A principal vantagem do equipamento é para pizzarias com grande fluxo de produção e demanda, já que ele permite assar pizzas em série de formamuito mais organizada e eficiente em comparação ao forno à lenha, diz a empreendedora Renata Chaves .

Para conferir as novidades, menu e realizar pedidos, acesse o perfil oficial no Instagram @forneria_elchaves ou ligue para (62) 98845-9147.

Continue Reading

Diversas

Sob comando do jornalista Aldair dos Santos, Imprensa e Mídia completa 9 anos no ar

Published

on

Aldair 950 UM - Sob comando do jornalista Aldair dos Santos, Imprensa e Mídia completa 9 anos no ar

Por Margareth Castro – Jornalista

No ano passado, site conquistou mais de 2 milhões de visualizações

O site, que começou como um blog ainda na época da faculdade de Jornalismo, se transformou em um negócio para o jornalista e editor Aldair dos Santos. O Imprensa & Mídia completa, agora em setembro, 9 anos ininterruptos no ar, levando informação e entretenimento aos seus seguidores.

O apoio e acompanhamento das postagens por amigos, familiares e colegas de faculdade no início serviram de incentivo para que Aldair dos Santos enxergasse um futuro promissor para aquele meio de comunicação on-line e passasse a investir nele. “Vi a necessidade de profissionalizar o blog e, por isso, sai do blogspot e o transformei em um site e ainda investi em melhorias no leiaute e em conteúdos”, lembra.

Aldair 31 950 683x1024 - Sob comando do jornalista Aldair dos Santos, Imprensa e Mídia completa 9 anos no ar

Ao longo destes nove anos, o site passou por algumas transformações, acompanhando tendências, como a modernização do logotipo, que ganhou novos formatos e cores até chegar no atual; mudanças no leiaute e até de provedor. Hoje o site é hospedado em uma plataforma de São Paulo, o que, segundo Aldair dos Santos, favorece para que o site se expanda e seja bem indexado pelo Google.

Tantas mudanças deram resultados positivos e que são muito comemorados pelo jornalista. No ano passado, o site atingiu a marca de dois milhões de visualizações. Aldair dos Santos atribui essa conquista ao compromisso que ele tem com o site, mantendo-o atualizado praticamente 24 horas por dia, com publicações feitas a partir de agências de comunicação parceiras de Uberlândia, de outros estados e até de fora do País. “O Imprensa & Mídia é um site independente, feito por mim e sem ligações com grupos de comunicação, então, para mim esse resultado é extraordinário, pois eu batalhei para esse crescimento”, ressalta.

Além disso, Aldair dos Santos destaca que o grande diferencial do Imprensa & Mídia é a cobertura dos bastidores de televisão, onde consegue conteúdos exclusivos. “Sempre participo de eventos e coletivas de imprensa realizadas pelos grandes veículos de comunicação e empresas fora de Uberlândia e esse network contribui para que eu consiga trazer para o site conteúdos exclusivos e até furos de reportagens”, conta.

Aldair 12 950 - Sob comando do jornalista Aldair dos Santos, Imprensa e Mídia completa 9 anos no ar

Aldair dos Santos já fez entrevistas exclusivas com Wanessa Camargo, Jojo Todynho, Gugu Liberato, e outros importantes artistas. Também participou de coletivas de imprensa de artistas e apresentadores como Xuxa Meneghel, Marcos Mion e Eliana. Também acompanha com frequência lançamentos de programas, como A Fazenda, Hoje em Dia e Power Couple Brasil, da Record TV. Neste ano, o jornalista foi o único do Triângulo Mineiro e de Minas Gerais a cobrir o lançamento oficial da rede CNN Brasil e esteve ao lado de Evaristo Costa, Reinaldo Gottino e outros profissionais contratados pelo canal.  

“Ir a campo, fazer esse network fora de Uberlândia, em cidades como Goiânia, São Paulo e Rio de Janeiro é muito importante, pois dá visibilidade ao meu nome como profissional de comunicação e ao site, pois ambos estão ligados. Quando o site foi criado não havia pretensões de chegar onde está, mas, os professores na faculdade sempre falaram para empreendermos na área de comunicação e eu vi essa oportunidade e estou trabalhando para que cada dia o site se torne melhor e conquiste cada vez mais seguidores”, conclui.

Para acessar o site – https://www.imprensaemidia.com.br/

Siga Aldair dos Santos no Instagram: @aldair.jornalista

Continue Reading

Trending

Copyright © 2020 Gazeta Nacional - Grupo Michelasi de Comunicação