Connect with us

Geral

Gustavo di Dalva lança primeiro álbum gravado entre Salvador e Nova York

Published

on

Foto: Tonny Mota

Um solo de berimbau caprichoso abre o primeiro álbum do percussionista, compositor e produtor musical Gustavo di Dalva. Nas oito faixas – compostas por ele em parceria com nomes como Jorge Mautner, Carlinhos Brown, Daniela Mercury, Marcio Brasil, Boghan Gaboott entre outros – ele comprova porquê é considerado um dos maiores músicos do país. Atualmente vivendo em Nova York onde toca com David Byrne, o swing de Gustavo já foi visto nos palcos e em gravações dos grandes nomes da nossa música, incluindo seus padrinhos Caetano Veloso e Gilberto Gil . O último, inclusive participa na faixa ” Ser humano” e escreve o texto de apresentação do disco. GlobaCidade chega hoje nas plataformas digitais através da Altafonte, mesma distribuidora dos Tribalistas, Los Hermanos e Baiana System.

Por Gilberto Gil

“GlobaCidade” é como se intitula este disco, o mais recente de Gustavo Di Dalva, que, embora ainda muito jovem, já cobre um longo percurso, uma longa estrada pelos campos da música popular. Ele, que desde os dez anos de idade, vem dedicando seu vigor físico e espiritual ao cultivo dos ritmos que têm brotado no solo fértil da criatividade dos jovens percussionistas baianos nas três últimas décadas. O convívio e a colaboração com os meninos batuqueiros de Salvador e com músicos e cantores que propagam os novos ritmos surgidos da mistura de elementos brasileiros, afro-americanos e afro-caribenhos, deram a Gustavo o tempero, o embalo que encontramos aqui neste seu novo disco.

Foto: Tonny Mota

Da primeira (“GlobaCidade”) à última faixa ( o recitativo, jogralizado, tipo-rap, “Ser Humano”), uma vibrante polirritmia construída com tambores, berimbaus, guitarras, teclados, sopros e coros envolve a voz suavemente abaianada de Gustavo, também responsável por grande parte do texto das canções.

Produzido e realizado ente Bahia, Rio de Janeiro e New York, com a colaboração de seus parceiros baianos e os mais recentes colegas americanos e africanos, este disco marca o ingresso mais decidido de Di Dalva numa fase mais afirmativa de sua carreira como criador de híbridos rítmicos de alta voltagem.

Espero que venham a apreciar este disco pulsante e vigoroso realizado por um dos percussionistas mais vibrantes da nova geração, Gustavo di Dalva.

Ouça “GlobaCidade”:

Continue Reading

Geral

Rafaella Bellucci diz que gasta quase 250 mil reais por ano em tratamentos estéticos, mas avisa: “Não sou fútil”

Published

on

A modelo trans revela que é empoderada e luta pelos direitos dos LGBTs

Rafaela Bellucci não economiza para ficar com o corpo em dia. Além de malhar e fazer dieta, a modelo trans não abre mão de tratamentos estéticos.

“Tem mês que chego a gastar mais quase 30.000 reais. Por ano, dá mais ou menos 250 mil. Gosto de estar sempre bonita e perfumada”, conta a beldade, que tem mais de 40 perfumes importados em casa.

Mas a loira avisa que não é fútil, mas admite que é vaidosa.

“Gasto do dinheiro do meu trabalho para ficar bem comigo. Não é futilidade. Sou vaidosa, mas gosto de me sentir bonita, não para que ninguém ache”, afirma a musa, que também luta pelos direitos dos LGBTs.

“Infelizmente, estamos retrocedendo em alguns pontos. Por outro lado, estamos mais unidos do que nunca. As minorias estão juntas para cobrar os seus direitos”, pondera diz que é empoderada.

Continue Reading

Geral

William Massolla é o novo gerente de operações de um grande grupo industrial alemão

Published

on

By



William assumiu o cargo em janeiro deste ano. Atualmente com 34 anos de idade, o executivo trabalha no grupo desde os 19 onde construiu sua carreira.
Formado em Engenharia Industrial Mecânica e com duas pós-graduações, sendo MBA em Gestão Industrial e MBA Executivo Internacional em Gestão Estratégica e Econômica de Negócios pela FGV e Ohio University, além de acumular formação em Gestão de Projetos também pela Ohio University, William atua na indústria multinacional de alta performance a 16 anos. “Comecei muito cedo minha trajetória profissional, ainda na infância desde os 14 anos de idade trabalho para sustentar minha família, onde fui garçom aos fins de semana, vendia iogurte de porta em porta e olhava carros em estacionamento no centro da cidade de Americana (SP). Passei por diferentes trabalhos, até que, em função de um curso técnico que cursava, fui contratado pela Multinacional Alemã em 2004 como estagiário, para fazer projetos metalúrgicos.

Em 2010, após alguns anos como responsável pelos processos industriais, William foi promovido para o cargo de supervisor de produção, sendo que em Janeiro de 2019, assumiu a Gerencia de Operações do Grupo e vem trabalhando de forma estratégica, com foco em pessoas e inovação tecnologia dos processos para entregar excelentes resultados.
William Massolla também vêm impactando muitos jovens com sua história e compartilhando conteúdo por meio das suas redes sociais, onde seu público aumenta a cada dia e aprendem com ele sobre gestão, estratégia, planejamento de produção, negociação, networkin e muito mais.


William Massolla pode ser encontrado no Instagram @willmassolla onde ensina as ferramentas necessárias para alcançar o sucesso e excelentes resultados no seu trabalho!




Continue Reading

Geral

Empresário Marlon Gonzalez se prepara para o grande lançamento da sua marca

Published

on

Marlon é um empresário do ramo de tecnologia e finanças, administra carteiras de bitcoin de bilionários que usam seus sistemas para obter segurança e privacidade em um meio repleto de invasões . E ele está fundando Marlon Gonzalez Group e fez alguns princípios onde tudo que seja criado nesse ramo como aplicativos, programas de troca de dados dos clientes no meio dos negócio fique seguros onde ninguém consiga rastrear as informações nesse meio, sistema operacional de celulares onde não serão armazenado dados de clientes e a grande questão da segurança de dados sem que ninguém além do dono saiba o que se faz.

Marlon Gonzalez Group, surgiu de uma insatisfação em relação ao uso de dados dos usuários, que boa parte das empresas de tecnologia e redes sociais praticam sem que as pessoas saibam.  Em sua opinião é injusto que estas gigantes utilizem aquilo que deveria ser totalmente particular para fazer negócios. Marlon relata que há uma falta de segurança enorme nas redes sociais, e a proposta dele é aumentar a segurança.

O objetivo do empresário Marlon Gonzalez é manter a privacidade das pessoas.

Continue Reading

Trending

Copyright © 2019 Gazeta Nacional. Design by EGOBrazil.