Connect with us

Diversas

Dia do orgasmo: 55% das brasileiras não chegam lá

Published

on

DO5BC Copy - Dia do orgasmo: 55% das brasileiras não chegam lá

Um estudo do departamento de Transtornos Sexuais Dolorosos Femininos da Universidade de São Paulo (USP) mostrou que 55% das brasileiras não têm orgasmos durante o sexo. Privadas da sensação proporcionada por esse momento intenso de prazer, elas ainda vivem sob os efeitos da repressão sexual. Sim, em pleno século 21, algumas mulheres ainda não se permitem ou não conseguem saber o que é o orgasmo.

Segundo especialistas, a lógica “falocentrica” prevalece erroneamente quando se trata de sexo, ou seja, a penetração é a principal forma de se ter prazer. Entretanto, de acordo com pesquisas realizadas, ela está em quarto lugar no quesito de sexo mais prazeroso, atrás do oral, da estimulação do clitóris pelo parceiro e da masturbação. De acordo com Lelah Monteiro, sexóloga e psicanalista, “ainda há muita dificuldade da mulher se permitir e se entregar. O orgasmo é um percurso e as pessoas precisam render inteiramente o seu corpo, parar de racionalizar tanto. Então, por isso que ainda é tão difícil”. A falta de comunicação entre os parceiros é outro fator que dificulta o prazer. A mulher precisa buscar informações sobre sua vida sexual, explorar o seu corpo e ter um diálogo franco com o companheiro. A sexóloga acredita que, atualmente, as mais jovens têm mais facilidade e liberdade para abordar a questão. Movimentos coletivos em prol da busca pelo prazer e da libertação de preconceitos têm colaborado para mudar um pouco a realidade. Para Lelah, é fundamental, reitera, “existir permissão e entrega. Permitir que o seu corpo tenha satisfação, entregando-se totalmente ao momento. “Para alcançar o orgasmo, sinta tudo o que o seu corpo é capaz de proporcionar e absorva o máximo de prazer da sua relação com ele”.

Muitas mulheres mais velhas, frutos de uma educação repressora, talvez nunca tenham conhecido o orgasmo. Se estão aprisionadas a um relacionamento não satisfatório há muitos anos, acreditam que é assim mesmo. Outras, com a separação, partem em busca do prazer desconhecido e acabam por encontrá-lo, muitas vezes nos braços de companheiros mais jovens. Os homens maduros, por sua vez, quando investem em uma nova relação, procuram oferecer à nova parceira momentos inesquecíveis, principalmente se for mais jovem. É o caso de Mirella G., estudante universitária de 26 anos, há seis meses em um relacionamento sugar. “Estava cansada dos caras da minha idade, preocupados com a sua própria satisfação, esquecendo que eu também estava ali naquele momento. Fiz o meu cadastro como sugar baby no MeuPatrocínio, por desejar outras coisas além do sexo com um homem mais maduro. Conheci Márcio e tudo tem sido maravilhoso desde o início! Ele tem 52 anos e muita vitalidade. Mas, a questão principal é que ele se preocupa com o meu prazer e não mede esforços para me proporcionar. É claro que existe uma atração muito forte entre nós, não só física, e acho que isso contribui para que eu me sinta totalmente entregue. Não há comparação ente o meu daddy e os meus outros namoradinhos. Acho que a experiência conta muito também, mas, acima de tudo, o desejo de satisfazer a mulher”.

Confira abaixo um bate-papo da CEO do MeuPatrocínio, Jennifer Lobo, com a sexóloga Lelah Monteiro:

https://youtu.be/fPfGurx2dGE

Sobre o MeuPatrocínio: primeiro e maior site de relacionamento Sugar do Brasil, o MeuPatrocínio é a rede social mais exclusiva e elitizada do país. O estilo de vida Sugar reúne homens poderosos a mulheres jovens e atraentes para relacionamentos verdadeiros, transparentes, com acordos preestabelecidos e expectativas alinhadas. Hoje, em sua base de dados, a plataforma conta com três milhões de usuários. Todos submetem seus perfis e fotos à aprovação individual. Somente são aceitos maiores de 18 anos que devem aderir às condições e termos de segurança do site.

www.meupatrocinio.com

Continue Reading
Advertisement
Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Diversas

Influenciadores realizam ação social em comunidades carentes em Brasília

Published

on

B9719096 3AE9 469B 9337 EC3AF4FFD2E0 - Influenciadores realizam ação social em comunidades carentes em Brasília

 

Diego Pupe, amigos e diversos parceiros arrecadaram alimentos e brinquedos para doação

Para marcar o dia 12 de outubro, um grupo de influenciadores brasilienses realizaram uma ação social por todo o Distrito Federal. De forma voluntária, com o apoio de diversas empresas, os colaboradores arrecadaram alimentos e brinquedos que foram distribuídos nas comunidades carentes da Capital Federal.

De acordo com um dos idealizadores do projeto, Diego Pupe, foi uma ação rápida, mas que foi possível arrecadar uma quantidade significativa de roupas e alimentos. “A maioria, conseguimos graças aos nossos seguidores, até porque foi divulgado pelo Instagram, por exemplo”, explica o digital influencer.

A equipe formada também por Karla Lorena, Anthony e Rodolph Domingues, Gabriel Nunes, Duda Martins e Mc Diesel, foi fundamental para que a ação acontecesse da melhor forma. “A união faz a força, e foi assim que decidimos encarar esse desafio juntos”, declararam.

*Parcerias*

No mundo atual, conseguir parcerias tem sido importante para que alguns objetivos sejam alcançados. Graças à Churrascaria Nativas, por exemplo, 40 crianças do Instituto Nosso Lar, localizado no Bandeirante, foram alimentadas no dia das crianças. Além disso, as empresas como Mara Marinha Modas, Empório Coisas da Terra, US Pipocas, GMK frangos recheados e a Esmalteria Espilicute também contribuíram com roupas e alimentos para a criançada.

Importante ressaltar que, além dessas 40 crianças, outras 260 participaram também da ação que foi realizada na última segunda-feira (12), totalizando 300 beneficiários.

Continue Reading

Diversas

O que os cinquentões procuram nelas?

Published

on

OQCPN Copy - O que os cinquentões procuram nelas?

Segundo pesquisas, o ideal é encontrar uma pessoa divertida e honesta

A maioria afirma procurar uma parceira para um relacionamento amoroso. O desejo de ter alguém com quem compartilhar a vida cresce com a passagem dos anos. Para todos, independentemente da faixa etária, segundo pesquisas, o ideal é encontrar uma pessoa divertida e honesta, alguém que saiba dar boas risadas e também fazer rir. A partir dos 50 anos, os homens citam com mais frequência a busca por um relacionamento, preferencialmente com uma parceira que, além de bem humorada, seja inteligente. Essa passa a ser uma característica muito valorizada por eles e quase ignorada pelos jovens na faixa dos 30. A palavra romance também surge entre os mais velhos, sinal da importância que o amor adquire na maturidade. Para completar o perfil ideal, a mulher deve ser ativa, ter objetivos claros de vida e que não esteja interessada em desacelerar.

Os “cinquentões” afirmam que não mudaram tanto com o passar do tempo, mas que aprenderam a enxergar o perfil da mulher ideal de uma forma mais clara. Ao atingir essa faixa etária, eles passam a dar importância a características até então menosprezadas. Querem alguém que os faça feliz, que saiba agregar diversão à vida e que seja sincera quanto à expectativa para um relacionamento.

É também a postura do homem com o perfil de um “sugar daddy” à procura da sua “sugar baby” na plataforma de relacionamento sugar MeuPatrocínio, a pioneira no Brasil com mais de três milhões de usuários. Os daddies totalizam 300 mil usuários e são homens poderosos, ricos e bem-sucedidos, procurando jovens atraentes, inteligentes e ambiciosas (sugar babies) para uma relação com objetivos transparentes e expectativas alinhadas desde o início. Na faixa dos 50 anos, eles estão concentrados principalmente nos estados de São Paulo (29%), Rio de Janeiro (13%), Minas Gerais (10%), Paraná (7%) e Rio Grande do Sul (6%). Com um patrimônio médio de R$ 7,7 milhões, são empresários (38%), profissionais liberais (37%) – advogados, arquitetos, médicos, engenheiros, administradores e consultores -, e diretores de empresas (20%).

Sobre o MeuPatrocínio: primeiro e maior site de relacionamento Sugar do Brasil, o MeuPatrocínio é a rede social mais exclusiva e elitizada do país. O estilo de vida Sugar reúne homens poderosos a mulheres jovens e atraentes para relacionamentos verdadeiros, transparentes, com acordos preestabelecidos e expectativas alinhadas. Hoje, em sua base de dados, a plataforma conta com três milhões de usuários. Todos submetem seus perfis e fotos à aprovação individual. Somente são aceitos maiores de 18 anos que devem aderir às condições e termos de segurança do site.  www.meupatrocinio.com

Continue Reading

Diversas

Outubro Rosa: site de relacionamento majoritariamente feminino lança campanha de conscientização às usuárias

Published

on

ORSRMFCU Copy - Outubro Rosa: site de relacionamento majoritariamente feminino lança campanha de conscientização às usuárias

Com 2.033.299 usuárias classificadas como “sugar baby” e 52.540 como “sugar mommy” – um público majoritariamente feminino -, a plataforma de relacionamento sugar, MeuPatrocínio, aderiu à campanha Outubro Rosa, assumindo a sua responsabilidade social e o dever de conscientizar babies e mommies. Com o tema “Previna-se e continue levando uma vida doce”, o site está disparando um pop-up com a imagem abaixo para todas as suas usuárias, além de estar divulgando em seus blogs a importância da prevenção, do autoexame e de consultas médicas periódicas.

image Copy - Outubro Rosa: site de relacionamento majoritariamente feminino lança campanha de conscientização às usuárias

Na campanha da plataforma, a recomendação é que todas as mulheres realizem o exame clínico das mamas, no mínimo uma vez por ano, complementado pela mamografia, conforme a idade. Com o exame, consegue-se detectar nódulos muito pequenos, que não são sentidos ou observados durante a apalpação. Quando o tumor é detectado precocemente, a chance de cura é de 95%. Nos blogs do MeuPatrocínio, as leitoras são orientadas a respeito dos sinais e sintomas, além de um passo a passo para realizar o autoexame.

Mas, como surgiu o “Outubro Rosa”? O movimento, hoje internacional, foi criado nos Estados Unidos na década de 90. Vários estados americanos adotaram ações isoladas referentes à prevenção do câncer de mama no mês de outubro. Posteriormente, com a aprovação do Congresso Americano, outubro tornou-se o “mês nacional”. Em 1997, entidades da cidade de Yuba e Lodi, começaram efetivamente a fomentar ações voltadas à conscientização, denominadas “Outubro Rosa”. Para sensibilizar a população, inicialmente, as cidades se enfeitavam com laços rosa, especialmente em locais públicos. O símbolo, mundialmente conhecido, o laço cor de rosa, foi lançado pela Fundação Susan G. Komen for the Cure, durante a primeira Corrida pela Cura, realizada em 1990, na cidade de Nova York. Na época, os corredores receberam o laço para usar durante a corrida e, depois disso, eles passaram a ser distribuídos em locais públicos, desfiles de moda e em outros eventos. No Brasil, a campanha chegou em 2002, ano em que o Obelisco do Ibirapuera, em São Paulo, foi iluminado com a cor rosa. A partir de 2008, o movimento ganhou força e foi abraçado por todo o país, cobrindo de luzes cor de rosa os principais monumentos durante a noite.  Assim, o “Outubro Rosa” se expandiu e se tornou popular, unindo o mundo em prol de uma causa.

Sobre o MeuPatrocínio: primeiro e maior site de relacionamento Sugar do Brasil, o MeuPatrocínio é a rede social mais exclusiva e elitizada do país. O estilo de vida Sugar reúne homens poderosos a mulheres jovens e atraentes para relacionamentos verdadeiros, transparentes, com acordos preestabelecidos e expectativas alinhadas. Hoje, em sua base de dados, a plataforma conta com três milhões de usuários. Todos submetem seus perfis e fotos à aprovação individual. Somente são aceitos maiores de 18 anos que devem aderir às condições e termos de segurança do site.  www.meupatrocinio.com

Continue Reading

Trending

Copyright © 2020 Gazeta Nacional - Grupo Michelasi de Comunicação