Connect with us

Empresariais

Coworking para médicos, Espaço Médico Brasil lança franquia na 1ª Expo Franchising ABF Rio Virtual

Published

on

1 Espaço Médico Brasil scaled - Coworking para médicos, Espaço Médico Brasil lança franquia na 1ª Expo Franchising ABF Rio Virtual

Novidade integra o plano de expansão da empresa, que reduz os custos dos profissionais da saúde em até 85% com a locação de espaços inteligentes

 

Os negócios que apostam na economia colaborativa têm crescido e gerado oportunidades para novos empreendedores e para quem deseja seguir andando com as próprias pernas, mas precisa enxugar os custos operacionais. E diante da pandemia do novo coronavírus, da crise econômica e da alta dos gastos imobiliários, os espaços compartilhados, em especial, tem despontado no mercado do “novo normal”. Nesse cenário, o Espaço Médico Brasil, coworking de saúde pioneiro no país, inicia seu plano de expansão com o lançamento do seu modelo de franquia. A novidade será apresentada na Expo Franchising ABF Rio Virtual, primeira feira online de franquia do Rio de Janeiro, que acontece entre os dias 25 de setembro e 1º de outubro, promovida pela Associação Brasileira de Franchising Seccional Rio de Janeiro (ABF Rio). A estratégia da empresa, que conta atualmente com duas unidades na Barra da Tijuca, é de ampliar a sua atuação, primeiramente, para todo o estado do Rio de Janeiro.

 

A franquia consiste no compartilhamento de serviços tecnológicos direcionados para facilitar a rotina de médicos e pacientes, como telemedicina, uma central própria para marcação de consultas, aplicativo e portal exclusivos, e na locação de consultórios inteligentes. Com todos esses recursos e suporte fornecidos pela franqueadora, os franqueados podem focar na captação de novos clientes. Já os médicos podem reduzir suas despesas em até 85%. A expectativa é de implantar cinco unidades até o fim do primeiro semestre de 2021, movimentando mais de R$ 35 milhões.

 

– Decidimos pelo franchising assim que identificamos, a partir de estudos, uma forte demanda retraída e a oportunidade de transformá-lo numa grande rede de saúde, unindo empreendedores, médicos e pacientes em diferentes endereços com a estrutura física e estratégica de uma marca com mais de duas décadas de atuação – revela Liana Segal, CEO da Espaço Médico Brasil.

 

O investimento total da franquia varia de R$ 220 mil a R$ 550 mil, de acordo com a quantidade de consultórios.

 

Autonomia e gestão como diferenciais 

 

Para a endocrinologista Thaysa Costa, de 30 anos, estar no coworking foi uma grande porta para entrar no mercado de trabalho. “No início da carreira, a maior dificuldade do autônomo é fazer os pacientes conhecerem a ele e ao seu trabalho, gerando confiança. Existem diversos prédios onde é possível a locação do espaço para atendimentos, porém o ponto positivo do Espaço Médico é que ele possui uma plataforma diferente e que facilita essa inserção inicial no mercado. No caso, como consultório, já que a locação da sala vem com a associação de um formato de uma clínica, com marketing dos profissionais e diversas especialidades diferentes atuando no mesmo local”. Ela destaca a gestão do espaço como um diferencial. “Além da vantagem de ter a estrutura de uma clínica, não perdemos a autonomia. Podemos ter todo o equipamento próprio, levar e armazenar para uso na clínica. A única preocupação é atender aos seus pacientes, sem nenhuma burocracia administrativa a mais”.

2 Espaço Médico Brasil 300x200 - Coworking para médicos, Espaço Médico Brasil lança franquia na 1ª Expo Franchising ABF Rio Virtual

Consultório inteligente do Espaço Médico Brasil

Raio-X da franquia:

Investimento total: R$ 220 mil a R$ 550 mil (de acordo com o número de consultórios)

Taxa de franquia: R$ 25 mil a R$ 60 mil, já inclusos no valor total.

Capital de giro: R$ 23 mil.

Retorno do investimento: de 19 a 30 meses.

Tamanho: 65 a 220m².

Número de funcionários: 2 a 7.

Taxa de propaganda: 2% do faturamento bruto.

Royalties: 10% do faturamento bruto.

Site: www.espacomedicobrasil.com.br

 

Para se inscrever na Expo Franchising ABF Rio Virtual, acesse https://www.sympla.com.br/expo-franchising-abf-rio-virtual__953149

Empresariais

Inaugurada em abril, empresa DONUTS&CO já se prepara para expandir

Published

on

By

PHOTO 2020 10 02 21 52 45 2 - Inaugurada em abril, empresa DONUTS&CO já se prepara para expandir

A DONUTS&CO conta com 28 sabores diferentes do produto

A pandemia do novo coronavírus levou muitas empresas à falência, outros se reinventaram para não quebrar. Teve ainda quem ousou abrir um negócio. Renato Neme e Felipe Ikari Kon planejavam inaugurar a loja DONUTS&CO em abril deste ano, mas com a crise sanitária começaram o negócio de maneira virtual.

“Depois, aconteceu a abertura da loja física para os clientes. Acreditamos que o mercado de Donuts ainda tem muita para crescer e pensando nisso, o que pensamos, era entregar “pura felicidade” para nossos consumidores”, disse Renato.

A loja da DONUTS&CO está localizada Vila Olímpia, na Rua Professor Atílio Innocenti, 757. O negócio tem dado tão certo que eles já planejam expandir para outros lugares, mesmo em um momento tão desafiador.

“Primeiro em São Paulo e depois para todas as regiões do Brasil. Já estamos em busca da 2a. unidade. Ainda estamos avaliando as parcerias com outros pontos de venda, logo mais teremos surpresas”, avalia Felipe, que diz que este início foi um sucesso devido à massa exclusiva e recheios super leves.

“Por enquanto, lançamos 28 sabores, mas já temos mais lançamentos em breve e também Cookies no nosso cardápio. O que tem de diferente? Só provando para descobrir a maciez e o sabor incrivelmente perfeitos”.

A loja da DONUTS&CO também conta com café expresso de qualidade. No local, também é possível fazer um pedido e retirar no estabelecimento.

“Além disso estamos presentes no Ifood, Rappi e Uber Eats para pedidos online. Nossas caixas são personalizadas para presentes com laços, stickers e de muito bom gosto para aniversários e dias especiais”, conclui Renato.

Continue Reading

Empresariais

Vikaas lança nesta segunda-feira a série “A Escalada da Resiliência” que vai ar gratuitamente no Instagram @lideralpinista

Published

on

By

A apresentação fica a cargo das co-fundadoras do conceito Ellen Ravaglio e Francine Costa

-A 3a geração da Resiliência
-Como liderar por Valores
-Crenças e Medos de líderes e times
-O acompanhamento base, as cordas e as garrafas de oxigênio do Líder Alpinista

Saiba como nasceu o treinamento

Melissa Sacic é administradora, trainer e consultora em estratégias comerciais. Vem há 5 anos realizando consultorias em empresas de diversos segmentos e tamanhos. Tornou-se consultora depois de 10 anos gerenciando suas próprias empresas e de sua família, sendo uma delas de alimentação.

Sua história conta com períodos de gestão em empresas muito bem-sucedidas e outras nem tanto. Ter vendido uma de suas empresas antes de quebrar e ter visto colegas empreendedores passarem sufoco demitindo equipe e gastando o capital que não tinham para encerrar atividades a impulsionou para a consultoria e treinamento. Era enorme a vontade de compartilhar o que sentiu “na pele”, para ajudar outras empresas a se desenvolverem. Essa vivência lhe dá uma visão diferenciada.

Tendo também passado por áreas financeiras e comerciais de grandes empresas, Melissa possui uma visão única das duas áreas, especializada em planejamento estratégico e políticas de precificação.

Em sua trajetória, percebeu que muitos empreendedores, em suas consultorias, não conseguiam implementar as estratégias por falta de alinhamento e engajamento das equipes. “Quando as equipes não acreditavam do que estavam fazendo o plano não funcionava, por melhor que pudesse ser”.

Foi então que se uniu a Ellen Ravaglio, que trouxe para os clientes uma visão profunda e fundamentada das competências empreendedoras e de lideranças para uma melhor gestão de equipes e desenvolvimento de times.

Desta união, nasceu a Vikaas Consultoria e Treinamento, cujo propósito é construir soluções e experiências de desenvolvimento que gerem evolução de resultados para empresas, líderes e equipes.

Ellen Ravaglio é psicóloga, coach de carreira e liderança, analista comportamental e tem como paixão desenvolver pessoas. Ela acredita que dentro de cada um existem “preciosos diamantes” que se descobertos e lapidados podem gerar grandes transformações.

Em seus 25 anos de jornada profissional dentro do mundo corporativo, Ellen atuou no RH de grandes empresas, vivenciando de perto as dores de todos os níveis de lideranças.

Depois, como consultora, Ellen desenvolveu inúmeros projetos, viajando de aviões a teco-tecos por todo Brasil. Com essa experiência, aprendeu que um mesmo projeto pode gerar grandes impactos numa empresa, e em outras não. Cada uma tem a sua cultura, o seu estilo de gestão, o seu tempo.

Ellen buscou metodologias inovadoras no neurocoaching, se especializou em jogos de aprendizagem e estudou profundamente o tema resiliência para transformar conteúdos em ferramentas práticas.

Hoje, junto com a Melissa, é sócia fundadora da Vikaas Consultoria, que tem como uma das soluções o desenvolvimento de líderes.

Francine Costa é administradora, master coach e analista comportamental e esteve por quase duas décadas no mundo corporativo conduzindo trabalhos de gestão da qualidade, projetos e processos, passou por cargos de liderança e pôde experimentar a execução de projetos em unidades internacionais.

Depois, numa transição de carreira, decidiu mergulhar no mundo do comportamento humano para desenvolver um olhar mais profundo sobre o universo das emoções, crenças e perfis de comportamento. E percebeu que era possível levar para o mundo corporativo, um processo de desenvolvimento de liderança mais completo, instigante e assertivo.

Em 2019, numa forte conexão de propósitos, Ellen Ravaglio e Francine Costa decidiram unir competências para oferecer algo diferenciado do mercado e juntas criaram o Líder Alpinista.

O programa conecta o universo da liderança com o alpinismo. Numa metáfora perfeita!

Os líderes estão escalando uma íngreme e desconhecida “montanha”.

Uma crise que mexeu com tudo: emoções, medos, relações, valores, verdades, culturas.

Líderes tiveram que reagir e se adaptar rapidamente à crise para tentar sobreviver.

Mudar modelo de negócios, renegociar contratos, esquecer planejamentos estratégicos, liderar times remotos, fechar linhas de produção, criar outros canais de venda, antecipar alguns planos futuros e rasgar outros…

Líderes tiveram que mudar o seu estilo de gestão, afinal como controlar sua equipe à distância? Como demitir on-line? Como dar feedback pelo vídeo? Como minimizar resistências às mudanças necessárias? Como manter a equipe produtiva, engajada, criativa e ao mesmo tempo protegida e com bem-estar?

Há muitos anos ouvimos falar que “desenvolver líderes” é uma prioridade dos “RHs estratégicos”. Muitas empresas, grandes e pequenas, já investiram muito dinheiro e tempo em universidades corporativas, academias de liderança, trilhas de desenvolvimento e também em treinamentos motivacionais. Cada um tem o seu objetivo e valor.

Mas, quais habilidades nós precisamos aprender mesmo para lidar com os desafios desse cenário tão incerto e complexo? E o que precisamos desaprender?

Ah quantos dilemas! Alguns novos, outros já conhecidos no mundo corporativo, como a sobrecarga de trabalho e as excessivas pressões por metas. Segundo a Organização Mundial de Saúde, cerca de 33% da população brasileira possui algum tipo de problema de saúde mental e, entre as principais causas estão o estresse e a depressão, que se tornaram os principais fatores para o afastamento no trabalho. Além dos impactos organizacionais, ainda faz parte da rotina dos líderes levar problemas e trabalho pra casa, gerando adversidades nas relações familiares também.

Ah, são muitas montanhas que os líderes precisam escalar a cada dia!

Diante desse cenário, nos bastidores, como consultoras, nós ouvimos muitos líderes e empresários de diferentes segmentos e portes. Dois pontos comuns ficam muito evidentes nesse momento de crise:

1. O quanto precisamos entender cada vez mais de gente!

2. Que cada líder tem que primeiro cuidar de si!

Lições aprendidas! E a pergunta que mais ouvimos nesses últimos meses foi: É possível superar montanhas, ser resiliente e conseguir chegar saudável ao “topo”?

Para ajudar os líderes de todo o Brasil nesse desafio e nessa busca pelo equilíbrio, durante a pandemia, a Vikaas lançou o Líder Alpinista virtual, num formato mais compacto, alinhado com todas as dores e oportunidades que esse momento nos traz.

A inspiração vem do alpinismo. As montanhas possuem um significado de superação e resiliência e representam as adversidades da nossa vida. A intenção foi oferecer aos clientes uma experiência de aprendizagem utilizando estratégias e ferramentas práticas que desenvolvam uma mentalidade e comportamentos mais resilientes.

Resiliência não é suportar pressão. Precisamos expandir nosso olhar. É uma habilidade que pode ser aprendida e que nos permite mudar padrões de pensamentos e atuar com mais flexibilidade, transformando adversidades em aprendizados.

A escalada da resiliência é um processo de autoconsciência e autorresponsabilidade.

A Vikaas acredita que essa evolução acontece na prática, onde o Líder Alpinista vai aprender treinando com o seu time a:

? Lidar com emoções

? Liderar por valores

? Gerar aproximação

? Conduzir conversas de feedbacks com foco no futuro e

? Engajar para minimizar resistências a mudanças

Às vezes, não podemos controlar as “montanhas”. As situações adversas aparecem. Podemos fugir, atacar ou paralisar. Mas também podemos criar estratégias de enfrentamento para superá-las. E é isso que está no nosso alcance como líderes: a forma como respondemos a cada uma delas.

A marca Lider Alpinista já vinha sendo oferecida a empresas, no formato de treinamento In Company, totalmente customizado para o universo e desafios do cliente. Mas agora, nesse novo formato de workshop on-line contempla ferramentas que podem ser aplicadas individualmente, o que permite que esse conteúdo seja mais acessível e possa ser adquirido pelo próprio líder.

O conteúdo, carga horária, datas e valores do workshop Ferramentas do Líder Alpinista serão publicados entre os dias 26 a 29 de outubro às 20:20h também no perfil @lideralpinista.

-A 3a geração da Resiliência
-Como liderar por Valores
-Crenças e Medos de líderes e times
-O acompanhamento base, as cordas e as garrafas de oxigênio do Líder Alpinista

Saiba como nasceu o treinamento

Melissa Sacic é administradora, trainer e consultora em estratégias comerciais. Vem há 5 anos realizando consultorias em empresas de diversos segmentos e tamanhos. Tornou-se consultora depois de 10 anos gerenciando suas próprias empresas e de sua família, sendo uma delas de alimentação.

Sua história conta com períodos de gestão em empresas muito bem-sucedidas e outras nem tanto. Ter vendido uma de suas empresas antes de quebrar e ter visto colegas empreendedores passarem sufoco demitindo equipe e gastando o capital que não tinham para encerrar atividades a impulsionou para a consultoria e treinamento. Era enorme a vontade de compartilhar o que sentiu “na pele”, para ajudar outras empresas a se desenvolverem. Essa vivência lhe dá uma visão diferenciada.

Tendo também passado por áreas financeiras e comerciais de grandes empresas, Melissa possui uma visão única das duas áreas, especializada em planejamento estratégico e políticas de precificação.

Em sua trajetória, percebeu que muitos empreendedores, em suas consultorias, não conseguiam implementar as estratégias por falta de alinhamento e engajamento das equipes. “Quando as equipes não acreditavam do que estavam fazendo o plano não funcionava, por melhor que pudesse ser”.

Foi então que se uniu a Ellen Ravaglio, que trouxe para os clientes uma visão profunda e fundamentada das competências empreendedoras e de lideranças para uma melhor gestão de equipes e desenvolvimento de times.

Desta união, nasceu a Vikaas Consultoria e Treinamento, cujo propósito é construir soluções e experiências de desenvolvimento que gerem evolução de resultados para empresas, líderes e equipes.

Ellen Ravaglio é psicóloga, coach de carreira e liderança, analista comportamental e tem como paixão desenvolver pessoas. Ela acredita que dentro de cada um existem “preciosos diamantes” que se descobertos e lapidados podem gerar grandes transformações.

Em seus 25 anos de jornada profissional dentro do mundo corporativo, Ellen atuou no RH de grandes empresas, vivenciando de perto as dores de todos os níveis de lideranças.

Depois, como consultora, Ellen desenvolveu inúmeros projetos, viajando de aviões a teco-tecos por todo Brasil. Com essa experiência, aprendeu que um mesmo projeto pode gerar grandes impactos numa empresa, e em outras não. Cada uma tem a sua cultura, o seu estilo de gestão, o seu tempo.

Ellen buscou metodologias inovadoras no neurocoaching, se especializou em jogos de aprendizagem e estudou profundamente o tema resiliência para transformar conteúdos em ferramentas práticas.

Hoje, junto com a Melissa, é sócia fundadora da Vikaas Consultoria, que tem como uma das soluções o desenvolvimento de líderes.

Francine Costa é administradora, master coach e analista comportamental e esteve por quase duas décadas no mundo corporativo conduzindo trabalhos de gestão da qualidade, projetos e processos, passou por cargos de liderança e pôde experimentar a execução de projetos em unidades internacionais.

Depois, numa transição de carreira, decidiu mergulhar no mundo do comportamento humano para desenvolver um olhar mais profundo sobre o universo das emoções, crenças e perfis de comportamento. E percebeu que era possível levar para o mundo corporativo, um processo de desenvolvimento de liderança mais completo, instigante e assertivo.

Em 2019, numa forte conexão de propósitos, Ellen Ravaglio e Francine Costa decidiram unir competências para oferecer algo diferenciado do mercado e juntas criaram o Líder Alpinista.

O programa conecta o universo da liderança com o alpinismo. Numa metáfora perfeita!

Os líderes estão escalando uma íngreme e desconhecida “montanha”.

Uma crise que mexeu com tudo: emoções, medos, relações, valores, verdades, culturas.

Líderes tiveram que reagir e se adaptar rapidamente à crise para tentar sobreviver.

Mudar modelo de negócios, renegociar contratos, esquecer planejamentos estratégicos, liderar times remotos, fechar linhas de produção, criar outros canais de venda, antecipar alguns planos futuros e rasgar outros…

Líderes tiveram que mudar o seu estilo de gestão, afinal como controlar sua equipe à distância? Como demitir on-line? Como dar feedback pelo vídeo? Como minimizar resistências às mudanças necessárias? Como manter a equipe produtiva, engajada, criativa e ao mesmo tempo protegida e com bem-estar?

Há muitos anos ouvimos falar que “desenvolver líderes” é uma prioridade dos “RHs estratégicos”. Muitas empresas, grandes e pequenas, já investiram muito dinheiro e tempo em universidades corporativas, academias de liderança, trilhas de desenvolvimento e também em treinamentos motivacionais. Cada um tem o seu objetivo e valor.

Mas, quais habilidades nós precisamos aprender mesmo para lidar com os desafios desse cenário tão incerto e complexo? E o que precisamos desaprender?

Ah quantos dilemas! Alguns novos, outros já conhecidos no mundo corporativo, como a sobrecarga de trabalho e as excessivas pressões por metas. Segundo a Organização Mundial de Saúde, cerca de 33% da população brasileira possui algum tipo de problema de saúde mental e, entre as principais causas estão o estresse e a depressão, que se tornaram os principais fatores para o afastamento no trabalho. Além dos impactos organizacionais, ainda faz parte da rotina dos líderes levar problemas e trabalho pra casa, gerando adversidades nas relações familiares também.

Ah, são muitas montanhas que os líderes precisam escalar a cada dia!

Diante desse cenário, nos bastidores, como consultoras, nós ouvimos muitos líderes e empresários de diferentes segmentos e portes. Dois pontos comuns ficam muito evidentes nesse momento de crise:

1. O quanto precisamos entender cada vez mais de gente!

2. Que cada líder tem que primeiro cuidar de si!

Lições aprendidas! E a pergunta que mais ouvimos nesses últimos meses foi: É possível superar montanhas, ser resiliente e conseguir chegar saudável ao “topo”?

Para ajudar os líderes de todo o Brasil nesse desafio e nessa busca pelo equilíbrio, durante a pandemia, a Vikaas lançou o Líder Alpinista virtual, num formato mais compacto, alinhado com todas as dores e oportunidades que esse momento nos traz.

A inspiração vem do alpinismo. As montanhas possuem um significado de superação e resiliência e representam as adversidades da nossa vida. A intenção foi oferecer aos clientes uma experiência de aprendizagem utilizando estratégias e ferramentas práticas que desenvolvam uma mentalidade e comportamentos mais resilientes.

Resiliência não é suportar pressão. Precisamos expandir nosso olhar. É uma habilidade que pode ser aprendida e que nos permite mudar padrões de pensamentos e atuar com mais flexibilidade, transformando adversidades em aprendizados.

A escalada da resiliência é um processo de autoconsciência e autorresponsabilidade.

A Vikaas acredita que essa evolução acontece na prática, onde o Líder Alpinista vai aprender treinando com o seu time a:

? Lidar com emoções

? Liderar por valores

? Gerar aproximação

? Conduzir conversas de feedbacks com foco no futuro e

? Engajar para minimizar resistências a mudanças

Às vezes, não podemos controlar as “montanhas”. As situações adversas aparecem. Podemos fugir, atacar ou paralisar. Mas também podemos criar estratégias de enfrentamento para superá-las. E é isso que está no nosso alcance como líderes: a forma como respondemos a cada uma delas.

A marca Lider Alpinista já vinha sendo oferecida a empresas, no formato de treinamento In Company, totalmente customizado para o universo e desafios do cliente. Mas agora, nesse novo formato de workshop on-line contempla ferramentas que podem ser aplicadas individualmente, o que permite que esse conteúdo seja mais acessível e possa ser adquirido pelo próprio líder.

O conteúdo, carga horária, datas e valores do workshop Ferramentas do Líder Alpinista serão publicados entre os dias 26 a 29 de outubro às 20:20h também no perfil @lideralpinista.
creditos vhassesoria

Continue Reading

Empresariais

Seja uma mulher empoderada e empreendedora

Published

on

Seja uma mulher empoderada e empreendedora - Foto: Erik Medalha / Divulgação

O que você pode fazer para mudar a sua vida hoje? Começo esse texto fazendo com que vocês leitoras reflitam o momento em que estão vivendo.

No meu caso, me vi perdida quando eu casei e tive meu segundo filho; mais responsabilidades e mais tarefas a serem concluídas. Não fui preparada para ser dona de casa, minha mãe desde que eu era criança queria que as filhas dela fossem mulheres empreendedoras.

Mas eu me perguntava, como vou fazer isso? Qual era o meu objetivo?

Bom, para começar eu precisava COMEÇAR, e fui trilhar meu caminho. Me formei como enfermeira em uma faculdade em São José do Rio Preto – SP, minha cidade natal. Logo após fiz o curso de estética, pois meu filho Yuri era pequeno e eu queria ficar mais perto dele.

Como muitas mulheres, tive que conciliar dois empregos e casa. Confesso que não era fácil, mais era muito prazeroso pois eu estava fazendo algo que amava.

Logo depois em 2014 mudei para a cidade de Mongaguá, onde continuei conciliando as duas profissões e, em 2017, engravidei pela segunda vez, do Gregório. E de repente mudou tudo, e então percebi que já não dava mais para eu conciliar dois empregos, filhos, marido e casa.

WhatsApp Image 2020 10 01 at 14.40.21 - Seja uma mulher empoderada e empreendedora

Seja uma mulher empoderada e empreendedora – Foto: Erik Medalha / Divulgação

Neste momento me fiz as duas perguntas que relatei no início do texto: Como vou mudar minha vida agora? Qual era meu objetivo?

E, então, com a ajuda da minha família, inaugurei a MILA NEVES CURSOS, com o intuito de ajudar mulheres que vivem rotinas parecidas com as que eu tive um dia; que precisavam ser donas da própria empresa, fazer o próprio horário de trabalho e conquistar a independência financeira.

As mulheres em 2018 resolveram abrir mais empresas do que os homens em 20,7% enquanto os homens 19,9% (GEM – GLOBAL ENTREPRENEURSHIP MONITOR), mais isso muda em relação a empresas estabelecidas, enquanto eles 18,6% e mulheres 14,4%. Porque será que isso ainda ocorre?

As mulheres precisam entender que para tudo dar certo na vida amorosa, vida familiar, vida financeira, temos que nos colocar em primeiro lugar sempre; se nós não tivermos bem com a gente mesmo isso reflete em nossa vida. Tudo ao nosso redor começa a desmoronar.

E muitas desistem no meio do caminho, e mal sabem elas que estavam perto da conquista. Em todos os nossos cursos da escola, ensinamos às alunas que elas têm que amar o que estão fazendo desde aquele momento no curso, porque assim elas sempre irão dar o melhor do trabalho e do conhecimento delas.

E assim são nas nossas atitudes na vida. Precisamos praticar o poder que nós mulheres temos, de mudar tudo ao nosso redor.

Foto Erik Medalha 01 - Seja uma mulher empoderada e empreendedora

Seja uma mulher empoderada e empreendedora – Foto: Erik Medalha / Divulgação

Depois de 2 anos inaugurei meu salão chamado SPA ELLEGANCE em fevereiro de 2020, um mês antes dessa loucura mundial chamado COVID – 19. Assustei, sim, pensei em desistir, também pensei. Mas na dúvida estou inaugurando mais uma empresa chamada MILA MAR E SOL que será destinada a moda praia.

Não tem momento certo para você mudar de vida, às vezes você não se identificou com minha história, você está bem como você vive neste momento; já conseguiu o seu objetivo financeiro e familiar, mas você quer mais, quer algo diferente. E com certeza você está se perguntando como você fará isso, né?

Em primeiro lugar acredite em você mesmo, acredite que você é capaz de mudar, de crescer e de ser feliz. E, em segundo lugar, vá buscar se atualizar, na área que você escolher; por exemplo, se você já trabalha como cabeleireira, note como as mulheres querem praticidade (como falamos desde do início), porque o tempo é valioso. Então, no seu salão, se não houver outros serviços, porque não acrescentar conhecimento e novidade? Por exemplo, vá atrás de cursos de designer de sobrancelhas, depilação, manicure, etc. E, claro, você poderá acrescentar outros tipos de funcionárias, que podem te favorecer no mercado de trabalho. E você terá o diferencial na sua empresa.

Como falo no curso com minhas alunas, não importa que tenha um salão perto da sua empresa e que faça os mesmos serviços que você, pois a oportunidade de ganhar é pra todos, mas faz o diferencial para essa cliente se tornar fiel à sua empresa. Quando essa cliente entrar no seu salão, ela quer ser bem atendida, encontrar um ambiente tranquilo e, o principal, ela quer qualidade! E para ter qualidade temos que buscar sempre a inovação e um diferencial.

E não perca tempo, comece a mudar sua vida agora! Seja uma mulher empoderada e empreendedora!

Camila Neves – administradora da MILA NEVES CURSOS / SPA ELLEGANCE / MILA MAR E SOL.

Foto Erik Medalha 04 - Seja uma mulher empoderada e empreendedora

Seja uma mulher empoderada e empreendedora – Foto: Erik Medalha / Divulgação

Continue Reading

Trending

Copyright © 2020 Gazeta Nacional - Grupo Michelasi de Comunicação